26 Galician

 

 

Esta pista poderia-se considerar a mais meridional da Europa continental, começa em Algeciras e vai paralela ao mar até chegar a Tarifa, sem pisar nada de asfalto. Tinha-a pendente desde havia tempo e que melhor maneira de riscá-la da minha lista de cousas pendentes que com uma moto nova? 🙂

Começa o caminho

Para chegar ao caminho há que passar Algeciras e a altura de Getares tomar umha antiga pista militar que passa pela zona conhecida como “Las Pantallas”, chamada assim devido a umhas curiosas construções militares. Mais isso fica para outro post ;).

Primeira parada

Ao decorrer paralelo à linha costeira não deixei de desfrutar em todo momento dumhas vistas espectaculares do Estreito de Gibraltar e da costa africana.

Mediterraneo

A terra logo deixa passo a pedra, onde as suspensões da moto (ainda sem nome) demonstram que estão a altura dumha enduro.

E assim, chego a umha pequena praia na desembocadura do rio Guadalmesí, ao pé da torre do mesmo nome.
Na praia Mirando a torre Torre Guadalmesí

Esta torre marca o que para mim será aproximadamente a metade do caminho, continuo a ritmo de passeio por uma pista de terra marcada como “militar” onde é proibido expressamente a circulação, mas onde não deixo de atopar carros 4×4…
Ainda que não há zonas especialmente complicadas, os truques aprendidos em Guadalajara deixam-se notar.

Quando me quero decatar já diviso Tarifa ao longe, esse é o ponto mais ao Sul de Europa.

Tarifa ao longe

Missão cumprida, estou em Tarifa e sem nenhuma incidência. Ou isso pensava até que baixo da moto e descubro que nalgum ponto do caminho perdim a tampa traseira esquerda. Dous dias antes estivem a limpar a moto e instalar os piscas, seguramente não apertei os parafusos o suficiente e com a vibração acabou por se soltar. Decidim fazer a mesma rota mas no sentido contrário “à busca do plástico perdido” mas não houve sorte.

Aqui falta algo

Ainda assim foi um passeio mui divertido como se pode ver ;).

Lama