26 Galician

Esta gema oculta está situada no estado de Vorarlberg, perto do passo do Alberg na fronteira com a Suíça. O Lünersee é um prístino lago alpino, eu diría que um dos lugares mais fermosos da Austria.

Trata-se dum lago artificial ao pé do monte Schesaplana. Há duas opções para chegar lá: a mais fácil, simplesmente tomando o funicular. Ou se és do tipo aventureiro e che presta andar, também podes ir a pé. A caminhada é de entre umha e duas horas. Não sendo um caminho complicado, também não é para todo o mundo. Há bastante rocha cara o final da trilha e é preciso ajudar-se das mãos nalgumhas partes.

Umha vez arriba descobrirás umha incrível vista do lago e as montanhas que o rodeiam. A vissão é impressionante independentemente de como decidiras chegar, mas sempre se vai ver mais bonito depois de umha boa caminhada.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Wanderclan (@thewanderclan) on Jan 25, 2019 at 12:28am PST

 

Aproveita para apreciar as vistas com um bem merecido picnic ou um jantar no restaurante situado à beira do lago, onde podes desfrutar da comida tradicional austriaca.

Cómo chegar

A cidade mais próxima é Bludenz, famosa por ser a única no mundo que tem vacas lilás (aquelas a decorar os chocolates Milka, saídos directamente da fábrica localizada aquí). Desde Bludenz podes chegar ao funicular nuns 45 minutos. Cruzando os municípios de Bürs, Brand e Schattenlagant.

Desde a estação de combois do mesmo Bludenz sai também a linha L81 de autocarro, o qual chega igualmente à estação de funicular.

O Tesouro do Lünersee

Mas há mais cousas do que vistas espectaculares, caminhadas e escalada ao redor deste lago. Há também umha lenda.

A lenda do tesouro do Lünersee. A história deu-se a conhecer pelo Dr. Wilhelm Gross quem tratou presos Nazis. Um oficial das SS do campo de Dachau falou-lhe sobre o tesouro que fora levado desde a prisão de Dachau e enterrado perto de Brand. O tesouro foi supostamente transladado pelo coronel Frederick Viter, o comandante, e quatro dos seus oficiais pouco depois da queda de Alemanha ao final da Segunda Guerra Mundial. Após enterrarem o tesouro, os quatro oficiais separaram-se, sendo o oficial das SS capturado e confessando a história. O Dr. Gross compartiu os feitos com o Dr. Edward Greger, um oficial de inteligência do exército dos Estados-Unidos, e ambos planejaram umha expedição para atopar a fortuna enterrada, mas em 1956 umha barragem na área incrementara o nível da auga e toda a terra circundante estava agora asolagada. Além disso, o Dr. Gross desapareceu misteriosamente um tempo depois. O empregado federal, Robert F. Kesting, acredita que a história poderia ser certa porque ele descobriu evidência corroborando o testemunho de Josef Jarolin, um subcomandante de Dachau, quem prestou testemunho ao ser levado da prisão. Aliás, Greger acreditava que o tesouro ainda estava lá, umha vez que no tempo no que teria sido seguro recuperá-lo, a barragem já teria sido construida e os oficias não poderiam tê-la alcançado. Várias pessoas têm procurado a área no verão ao longo da beira, quando o nível da água desce.